Mercado de trabalho

Quero estudar moda! Onde posso atuar depois de formado?

Quero_estudar_moda_Onde_posso_atuar_depois_de_formado.jpg.jpeg
Escrito por carlos.camara

Criatividade, senso estético, visão de negócio e muita, muita disposição estão entre as características e habilidades imprescindíveis para quem deseja estudar moda. O curso — que passou por um boom depois que a moda brasileira ganhou status de destaque no mercado internacional com nomes como Alexandre Hertchcovitch, Pedro Lourenço e Amir Slama — oferece diversos caminhos para o profissional atuar depois de formado.

Entre as carreiras possíveis para o bacharel em moda trabalhar estão a fotografia, design, consultoria, modelagem e produção. Apesar de promissor, o mercado de trabalho exige que o jovem profissional ofereça diferenciais e mostre, antes de tudo, versatilidade para ter sucesso na vida profissional.

Confira, a seguir, tudo o que você precisa saber antes de estudar moda e veja se esse é o curso indicado para você:

O curso de moda

Quem deseja trabalhar com moda costuma optar pelo bacharelado, curso que oferece formação sólida em todas as áreas que são essenciais para o mercado fashion. Durante as aulas, o aluno é preparado para desenvolver habilidades e adquirir conhecimentos que vão além do aspecto técnico da moda e compreenda ainda pontos como criatividade, sensibilidade artística e gestão de negócios.

No bacharelado, o conteúdo do curso, além de mais abrangente, tem ênfase maior na parte teórica. Entre os trabalhos finais possíveis estão a criação e desenvolvimento de uma coleção de moda (cursos com ênfase maior em design e modelagem) e elaboração de plano de negócio para uma marca de moda (cursos voltados para negócios e gestão de moda).

Além do bacharelado, há ainda opções de cursos tecnológicos, geralmente voltados para atividades industriais.

As disciplinas

As disciplinas do curso de moda variam de faculdade para faculdade, mas, geralmente, têm entre as matérias básicas:

  • Modelagem;

  • História da Arte;

  • Jornalismo de Moda;

  • Cultura da Moda e Criação;

  • Desenho;

  • Estilismo.

No bacharelado, disciplinas como Gestão de Processos Produtivos, Administração, Tecnologia do Vestuário e Mercadologia também costumam marcar presença.

A grade do curso é montada com o objetivo de preparar o estudante para atuar em toda a cadeia da moda, da compra da matéria-prima à venda do produto final no mercado.

O estágio é amplamente recomendado para complementar a formação do aluno e prepará-lo para atuar na área depois de formado.

O mercado de trabalho

Foi-se o tempo em que o mercado de trabalho para a moda no Brasil era informal e não oferecia muitas perspectivas para recém-formados. Com o reconhecimento de estilistas e marcas brasileiras no exterior veio a profissionalização da área.

Se por um lado essa consolidação e reconhecimento são positivos, por outro, a área de moda começou a chamar atenção de muitos profissionais, o que aumentou a concorrência de forma significativa.

Para se destacar e conseguir ter uma carreira bem-sucedida em moda, é importante se diferenciar, estar sempre ligado nas principais tendências do mercado (que mudam cada vez mais rápido) e ter espírito empreendedor.

Geralmente, os estudantes focam apenas na área de criação, mas o trabalho em moda vai muito além disso. É essencial que o profissional também tenha conhecimentos e saiba interagir com outras áreas da empresa, como produção, financeiro e área técnica.

As possíveis áreas de atuação

As oportunidades em moda vão muito além do estilismo e abrangem áreas como produção, consultoria, fotografia e compras. Confira algumas das possibilidades que o graduado em moda pode atuar:

Produção de moda

O produtor de moda é um profissional que atua nos bastidores e é responsável, entre outras tarefas, por produzir desfiles, editoriais de revistas, catálogos e atuar na organização de campanhas publicitárias de marcas.

Para se sair bem na função, é fundamental ter jogo de cintura para lidar com imprevistos e capacidade de interagir com profissionais como modelos, estilistas e público em geral.

Consultoria (personal stylist)

Este profissional atua orientando as pessoas sobre a melhor forma de vestir, considerando fatores como tipo de corpo e estilo de vida. O personal stylist tem que, obrigatoriamente, ter um senso estético apurado, pois parte do seu trabalho envolve ensinar o cliente sobre como combinar estampas e acessórios.

Para ser um consultor de moda de sucesso, saber ouvir é uma habilidade essencial. Apenas dessa forma é possível entender o cliente, suas necessidades e, assim, poder indicar combinações que sejam realmente adequadas ao seu perfil.

Compras

O comprador de moda tem como principal função gerenciar a compra de coleções de roupas, sapatos e acessórios para lojas e grandes redes de varejo. Esse profissional tem que ter visão de negócio apurada e saber como ninguém antecipar tendências. Ter habilidade para conhecer o comportamento do consumidor é outro ponto essencial.

Estilismo/design

Foco de grande parte dos estudantes de moda, a área de criação é responsável pela criação de roupas (estilismo) e acessórios como sapatos, bolsas, bijuterias e afins. O design também engloba o desenho de estampas e padrões, além de elaboração de tecidos (design têxtil). Para atuar na área, ter certas habilidades técnicas é fundamental.

Fotografia

O fotógrafo de moda produz fotos para catálogos, editoriais, exposições e campanhas publicitárias. Assim como no caso do design, ter conhecimento técnico é importante.

O perfil do estudante de moda

Independentemente da área de atuação escolhida, o estudante de moda tem um perfil característico, com algumas habilidades que o ajudam a sair na frente e se destacar nesse mercado.

Criatividade e sensibilidade são pontos importantes, considerando o profissional de moda precisa saber identificar padrões de comportamento e características do público-alvo. Outro aspecto relevante é que, cada vez mais, o mercado busca profissionais de moda que tenham visão de negócio e que, além de criar peças, possam coordenar equipes, planejar coleções, supervisionar processos e gerenciar de forma geral.

Quem pensa em ingressar nesse mercado incrível e começar a estudar moda deve se preparar para estar sempre atento ao surgimento de novas tendências, buscar apurar seu gosto e senso estético constantemente e, ainda, a aprender conceitos básicos de administração para, no futuro, quem sabe, abrir a própria empresa. O mercado de moda é concorrido, mas sempre tem espaço para profissionais talentosos e dispostos a se dedicar ao trabalho.

Você tem interesse em estudar moda? Então acesse o site da Una, o melhor centro universitário particular de Minas Gerais, e faça a sua inscrição para o vestibular agora mesmo!

 

Deixar um comentário