Graduação Tecnológica

Por que fazer uma graduação tecnológica

business, office, school and education concept - young woman reading book at school
Escrito por Ânima Educação

Ao concluir o ensino médio, o jovem se depara com o momento de tomar uma decisão fundamental para seu futuro profissional: que curso escolher para continuar os estudos? Um curso de bacharelado ou licenciatura com graduação de 4 ou 5 anos ou um curso tecnológico voltado para a área de seu interesse? Qual será o melhor para a sua carreira? Valerá a pena investir em uma graduação mais rápida? Por que fazer uma graduação tecnológica?

As possibilidades e as ofertas de cursos são muitas, e as dúvidas também. Por isso, quanto mais informações reunir, mais seguro o jovem se sentirá no momento de decidir seu futuro.

Neste post, queremos ajudá-lo a entender melhor as vantagens da gradução tecnológica e por que ela surge como uma opção bem atraente para o seu sucesso profissional.

Entenda o que é uma graduação tecnológica

Um curso de graduação tecnológica é um curso superior como os tradicionais, mas sua duração é mais curta. Em vez de ficar 4 ou 5 anos na universidade para obter o seu diploma de curso superior, você vai estudar 2 ou 3 anos e já vai sair com o seu título de tecnólogo. É uma graduação plena, como qualquer outro curso de licenciatura ou bacharelado, só que concluída em tempo mais curto.

Apesar de não abranger todas as áreas (não é possível se formar como tecnólogo em medicina ou odontologia, por exemplo), o leque de opções é grande. É importante lembrar que curso tecnológico não é a mesma coisa que curso técnico. A graduação tecnológica é equivalente a uma graduação superior, enquanto o curso técnico é de nível médio.

As vantagens de uma graduação tecnológica

Primeiramente, como já foi dito, a duração do curso é menor, o que significa que você pode encerrar seus estudos mais cedo e já entrar para o mercado de trabalho com a vantagem de uma formação tecnológica. Por isso, a graduação tecnológica é também chamada de “graduação rápida”.

A segunda vantagem é que, se sua opção for pela continuidade dos estudos, a graduação tecnológica é válida para a pós-graduação (especialização, mestrado ou doutorado), exatamente como os cursos superiores tradicionais. Da mesma forma, os tecnólogos podem fazer qualquer concurso público que exija nível superior de educação.

Outra vantagem considerável é o custo da graduação tecnológica. Muitos cursos podem ser feitos a distância ou são semi-presenciais, o que reduz consideravelmente o preço das mensalidades. A duração menor do curso também implica em investimento financeiro menor, obviamente, pois você estará pagando mensalidades durante um tempo mais curto.

Os cursos de tecnologia são muito úteis também para aquelas pessoas que já exercem determinada profissão, com boa experiência no mercado de trabalho, mas que ainda não possuem diploma em um curso superior para incrementar o currículo.

A demanda por profissionais com graduação tecnológica está em crescimento, principalmente nas regiões sudeste e sul do país. Isso faz com que as escolas ampliem a oferta de cursos de formação de tecnólogos para atender às necessidades do mercado de trabalho.

As diferenças entre a graduação tecnológica e a graduação tradicional

A duração mais curta de um curso tecnológico não significa que a qualificação do tecnólogo seja superficial ou inferior à formação tradicional. Enquanto um curso superior tradicional (bacharelado ou licenciatura) proporciona uma visão teórica generalizada do seu objeto de estudo, o curso tecnológico mantém o foco na parte prática, levando ao desenvolvimento de competências profissionais mais específicas.

Enquanto a graduação tradicional forma profissionais com escopo maior de atuação, a graduação tecnológica é concebidas para atender necessidades específicas do mercado de trabalho. A grade de disciplinas é voltada para a pesquisa, desenvolvimento, aperfeiçoamento e aplicação prática das ferramentas e processos em demanda pelo mercado de trabalho.

As áreas de graduação tecnológica

Para guiar a sua escolha de um curso tecnológico, o Ministério da Educação (MEC) preparou um catálogo nacional de cursos superiores de tecnologia, com informações de todas as áreas oferecidas.

São 112 graduações, divididas em 13 eixos tecnológicos que você pode conferir diretamente no portal do MEC. Abaixo, citaremos esses 13 eixos e os cursos oferecidos em cada um. Confira:

Ambiente e Saúde

Nessa área estão classificados os cursos com foco em tecnologias que visam a melhoria de qualidade de vida, a preservação do meio ambiente e o suporte à saúde:

  • Gestão Ambiental;

  • Gestão Hospitalar Oftálmica;

  • Radiologia;

  • Saneamento Ambiental;

  • Sistemas Biomédicos.

Apoio Escolar

Nesse eixo, o foco será em tecnologias para facilitar o planejamento, a coordenação e a operacionalização no espaço escolar para que você possa atuar no apoio pedagógico e administrativo de escolas públicas ou privadas. Sua formação final será a de tecnólogo em Processos Escolares.

Controle e Processos Industriais

Nesse amplo eixo, agrupam-se os cursos voltados para a formação de tecnólogos para atuar na  indústria. Você poderá escolher:

  • Automação Industrial;

  • Eletrônica Industrial;

  • Eletrotécnica Industrial;

  • Gestão da Produção Industrial;

  • Manutenção de Aeronaves;

  • Manutenção Industrial;

  • Mecânica de Precisão;

  • Mecatrônica Industrial;

  • Processos Ambientais;

  • Processos Metalúrgicos;

  • Processos Químicos;

  • Sistemas Elétricos.

Gestão e Negócios

Esse eixo agrupa os cursos para quem pretende atuar no mundo dos negócios. A oferta é ampla:

  • Comércio Exterior;

  • Gestão Comercial;

  • Gestão da Qualidade;

  • Gestão de Cooperativas;

  • Gestão de Recursos Humanos;

  • Gestão Financeira;

  • Gestão Pública;

  • Logística;

  • Marketing;

  • Negócios Imobiliários;

  • Processos Gerenciais;

  • Secretariado.

Hospitalidade e Lazer

Gostaria de atuar na área de turismo, entretenimento e lazer? Escolha um curso dentro desse eixo:

  • Eventos;

  • Gastronomia;

  • Gestão Desportiva e de Lazer;

  • Gestão de Turismo;

  • Hotelaria.

Informação e Comunicação

Aqui, os cursos são concebidos para atender à grande demanda do mercado na área de informação e comunicação. Veja:

  • Análise e Desenvolvimento de Sistemas;

  • Banco de Dados;

  • Geoprocessamento;

  • Gestão da Tecnologia da Informação;

  • Gestão de Telecomunicações;

  • Jogos Digitais;

  • Redes de Computadores;

  • Redes de Telecomunicações;

  • Segurança da Informação;

  • Sistemas de Telecomunicações;

  • Sistemas para Internet;

  • Telemática.

Infraestrutura

Para quem quer atuar na construção civil e transportes, esses são os cursos oferecidos:

  • Agrimensura;

  • Construção de Edifícios;

  • Controle de Obras;

  • Estradas;

  • Gestão Portuária;

  • Material de Construção;

  • Obras Hidráulicas;

  • Pilotagem Profissional de Aeronaves;

  • Sistemas de Navegação Fluvial;

  • Transporte Aéreo;

  • Transporte Terrestre.

Militar

Há ofertas de ótimos cursos também na área militar:

  • Comunicações Aeronáuticas;

  • Fotointeligência;

  • Gerenciamento de Tráfego Aéreo;

  • Gestão e Manutenção Aeronáutica;

  • Meteorologia Aeronáutica;

  • Sistemas de Armas.

Produção alimentícia

Gosta dos processos de produção de alimentos e bebidas? Veja os cursos desse eixo:

  • Agroindústria;

  • Alimentos;

  • Laticínios;

  • Processamento de Carnes;

  • Produção de Cachaça;

  • Viticultura;

  • Enologia.

Produção Cultural e Design

Esse é mais um eixo com ampla oferta de cursos:

  • Comunicação Assistiva;

  • Comunicação Institucional;

  • Conservação e Restauro;

  • Design de Interiores;

  • Design de Moda;

  • Design de Produto;

  • Design Gráfico;

  • Fotografia;

  • Produção Audiovisual;

  • Produção Cênica;

  • Produção Cultural;

  • Produção Fonográfica;

  • Produção Multimídia;

  • Produção Publicitária.

Produção Industrial

Na área de transformação de matéria prima em produtos, há uma grande variedade de cursos:

  • Biocombustíveis;

  • Construção Naval;

  • Fabricação Mecânica;

  • Papel e Celulose;

  • Petróleo e Gás;

  • Polímeros;

  • Produção de Vestuário;

  • Produção Gráfica;

  • Produção Joalheira;

  • Produção Moveleira;

  • Produção Sucroalcooleira;

  • Produção Têxtil.

Recursos Naturais

Esse é o eixo que abrange as tecnologias ligadas à produção animal, vegetal, mineral, aquícola e pesqueira. Veja os cursos:

  • Agroecologia;

  • Agronegócio;

  • Aquicultura;

  • Cafeicultura;

  • Horticultura;

  • Irrigação e Drenagem;

  • Produção de Grãos;

  • Produção Pesqueira;

  • Rochas Ornamentais;

  • Silvicultura.

Segurança

Na área de proteção de seres vivos, recursos e patrimônio, você pode escolher:

  • Gestão de Segurança Privada;

  • Segurança no Trabalho;

  • Segurança no Trânsito;

  • Segurança Pública;

  • Serviços Penais.

Agora que você já sabe por que fazer uma graduação tecnológica é uma ótima escolha para o seu futuro profissional, assine a nossa newsletter e fique sabendo muito mais!

 

 

Deixar um comentário