Graduação Tecnológica

Graduação tecnológica: entenda o que é

graduacao-tecnologica-entenda-o-que-e-.jpeg
Escrito por Ânima Educação

Com o desenvolvimento econômico e social do Brasil nas últimas décadas, houve um incremento bastante significativo no acesso da população à educação, com destaque ainda maior para a educação de nível superior. Esse fato é realmente muito vantajoso para um país que deseja melhorar a qualidade de vida e qualificar e aprimorar a formação de seus cidadãos, como é o caso do Brasil.

Porém, com cada vez mais pessoas qualificadas entrando no mercado de trabalho, também se pode notar um visível aumento da competitividade pelos postos de trabalho, bem como uma maior exigência das empresas no que tange à formação de seus funcionários e colaboradores.

Assim, o governo, antenado nessa tendência, tem criado, expandido e reestruturado estratégias e programas que visam aumentar o acesso da população à educação. Entre elas, destaca-se o incentivo à criação de cursos de graduação tecnológica. Mas você sabe o que é graduação tecnológica?

Se você tem interesse em entender como essa modalidade de ensino superior funciona e quais são as suas principais vantagens, não deixe de ler este post:

Afinal, o que é graduação tecnológica?

Graduação tecnológica é uma modalidade de ensino superior de duração geralmente mais curta do que as graduações tradicionais, voltada ao desenvolvimento de competências profissionais e à preparação para o mercado de trabalho.

Segundo a definição do Ministério da Educação e Cultura (MEC), tecnólogos são

profissionais graduados e com formação direcionada para aplicação, desenvolvimento e difusão de tecnologias, com formação em gestão de processos de produção de bens e serviços e capacidade empreendedora, em sintonia com o mundo do trabalho.

Ou seja, ao optar por esse tipo de graduação, você cursará disciplinas voltadas à qualificação para determinado nicho no mercado de trabalho, focadas no desenvolvimento de habilidades técnicas e profissionais necessárias à determinada ocupação. Trocando em miúdos, você sairá totalmente capacitado para exercer a profissão escolhida com excelência. Esse é o maior diferencial da graduação tecnológica quando comparada à graduação tradicional, geralmente mais voltada para o conhecimento acadêmico e científico.

É importante ressaltar também que graduação tecnológica não é o mesmo que um curso técnico. Por serem cursos de nível superior, é necessário ter concluído o ensino médio e passar por um processo seletivo da instituição de ensino para poder cursá-los, ao contrário dos cursos técnicos ou profissionalizantes, que podem ser feitos conjuntamente com o ensino médio.

E, justamente por serem cursos de nível superior, após a conclusão, os alunos recebem um diploma, reconhecido pelo MEC, que tem a mesma validade dos emitidos para formados em graduações tradicionais.

Quando essa modalidade de ensino superior foi criada?

Criados no Brasil pela primeira vez em 1969, em São Paulo, os cursos tecnológicos foram reconhecidos pelo MEC em 1973. Porém, em função de mudanças políticas no ministério, o estímulo à criação de novos cursos tecnológicos foi descontinuada e praticamente extinguiu-se essa modalidade de graduação no setor público na década de 1980.

Porém, a partir de 1998, eles voltaram a ser criados, estimulados por uma nova legislação, que visava atender às necessidades do setor educacional e às novas demandas da sociedade brasileira. Desde então, os cursos de graduação tecnológica são os que mais crescem em número de matrículas no Brasil, com mais de 300 mil alunos matriculados em mais de 5 mil cursos espalhados por todo o país.

Quais as vantagens de cursar uma graduação tecnológica?

Graduações tecnológicas são uma proposta inovadora de graduação superior. Primeiramente, destaca-se a duração dos cursos, geralmente menores do que as graduações tradicionais. Enquanto um curso superior normal dura entre 4 e 5 anos, a graduação tecnológica pode ser concluída em 2 a 3 anos. Para quem tem interesse em se qualificar com excelência para o mercado de trabalho sem despender muito tempo para isso, a graduação tecnológica surge como uma excelente opção.

Além disso, os tecnólogos possuem um diferencial frente aos demais profissionais: estão à altura dos novos desafios profissionais do mercado de trabalho e têm muita credibilidade. Por serem cursos específicos, voltados ao desenvolvimento de habilidades técnicas e práticas, os tecnólogos são, de maneira geral, rapidamente absorvidos pelo mercado. Até porque as instituições de ensino superior, antenadas às novas tendências e exigências do mundo profissional, têm criado cursos de graduação tecnológica especialmente voltados a profissões que têm se destacado no cenário atual e que carecem de profissionais qualificados para o exercício da função.

Por fim, por terem o mesmo valor que as graduações tradicionais, pessoas formadas em cursos de graduação tecnológica podem optar por seguir a carreira acadêmica, ingressando em cursos de pós-graduação, inclusive aqueles strictu sensu (mestrado e doutorado), desde que atendam às exigências de acesso estipuladas pela instituição ofertante e que sejam aprovados no processo seletivo. Os tecnólogos formados podem também, prestar provas de concursos públicos para vagas de nível superior e tomarem posse dos cargos, caso sejam aprovados.

Quais áreas profissionais possuem cursos de graduação tecnológica disponíveis?

Como já dito anteriormente, o número e a variedade de cursos de graduação tecnológica tem se expandido com grande rapidez pelo Brasil, sempre em sintonia com as necessidades e carências do mercado de trabalho. Áreas como TI, análise e desenvolvimento de sistemas, estética e cosmetologia, marketing, design, automação industrial, gastronomialogística, processos gerenciais, mecatrônica e rede de computadores estão entre as mais procuradas.

Outra área que merece destaque quando se fala de graduação tecnológica é a de gestão. Com o aumento da demanda por gestores capacitados em nichos específicos, já é grande o número de cursos tecnológicos nas áreas de gestão ambiental, da qualidade, de recursos humanos, financeira, comercial e de produção industrial. Os cursos de gestão formam tecnólogos especializados em gerir áreas estratégicas para o desenvolvimento do econômico e social do país.

Se você tem interesse em se tornar um profissional competente e qualificado, apto a enfrentar o mercado de trabalho com excelência e credibilidade, concluindo sua formação no menor tempo possível, a graduação tecnológica é a melhor opção para você!

Este post te ajudou a entender o que é graduação tecnológica? Restou alguma dúvida sobre esse assunto? Então, compartilhe seus questionamentos com a gente nos comentários, até porque a sua dúvida pode ser a mesma de outras pessoas.

Deixar um comentário