Mercado de trabalho

Gosta de música? Veja 5 profissões para seguir na área

gosta-de-musica-veja-5-profissoes-para-seguir-na-area.jpeg
Escrito por Ânima Educação

O momento de escolher uma carreira profissional é, sem dúvidas, um dos mais importantes da vida de qualquer jovem. Para tomar uma decisão certa, é preciso considerar não apenas as suas habilidades, mas também o mercado de trabalho, as possíveis áreas de atuação e outros detalhes mais práticos sobre as profissões para seguir — afinal de contas, você precisará encontrar o seu lugar no mercado!

Mas, diante de tantas coisas a serem pensadas, é possível unir o útil ao agradável, levar em conta seus hobbies e, ainda assim, fazer uma escolha profissional sensata? A resposta é sim!

Nesse post, nós vamos mostrar um pouco mais sobre o mercado de trabalho para os amantes do mundo da música. E o melhor de tudo: você não precisa ser um ótimo cantor, um instrumentista de primeira ou saber ler complicadas partituras. As carreiras que envolvem o mundo da música vão muito além da graduação específica nessa área.

Ficou curioso? Então continue acompanhando e conheça 5 profissões para quem gosta de música!

1. Cinema e audiovisual

Se, além de ser um fã do universo musical, você também simpatiza com o cinema, vídeos e tudo que envolve a produção de materiais audiovisuais, você se dará muito bem na produção de videoclipes musicais!

No curso de Cinema e Audiovisual, o aluno aprenderá tudo o que precisa saber para produzir um conteúdo impecável, desde a criação de roteiros e direção até a parte de operação dos equipamentos de produção, passando pela escolha de cenários, figurinos, fotografia etc.

Para se dar bem nessa área, além de muita criatividade, é preciso ter um bom senso estético. A formação em Cinema e Audiovisual leva cerca de quatro anos para o título de Bacharel e dois anos e meio para a formação como tecnólogo.

2. Produção cultural

Outra opção bacana para quem gosta de música e quer atuar na área é apostar na carreira de produção cultural ou gestão de eventos. Essa área abrange toda a parte de planejamento e organização de eventos voltados para a música — como shows, festivais, mostras etc.

Esse é um mercado promissor e que, de uns anos para cá, devido aos investimentos em cultura — como as leis de incentivo, por exemplo —, veio ganhando mais espaço no Brasil.

O produtor de eventos poderá atuar na captação de recursos, elaboração do projeto formal, orçamento e cronograma para eventos musicais específicos.

Além disso, a área também traz possibilidades de trabalho em grandes empresas ou órgãos públicos, no desenvolvimento de estratégias de marketing cultural, elaboração de editais, políticas de incentivo e patrocínio, dentre outras coisas.

O curso de tecnólogo em gestão de eventos dura, em média, dois anos e meio. O bacharelado em produção cultural, por sua vez, tem duração de quatro anos.

3. Crítico musical

Se você sempre foi um aficionado pelo universo musical, buscando novas bandas, tendência e influências, com muita curiosidade, essa pode ser a carreira certa para você.

O crítico musical pode trabalhar na mídia impressa — escrevendo artigos e críticas para as seções de cultura de revistas e jornais — ou no universo online — atuando em sites e blogs especializados em música, por exemplo.

O material elaborado pelo crítico pode ter tom informativo, mais imparcial, ou crítico (como o próprio nome indica). O conteúdo, no geral, abrange não apenas músicas, bandas e artistas em si, mas também festivais musicais e apresentações.

Para trabalhar na área, você precisará de mais do que apenas um ouvido apurado e algum conhecimento técnico. No geral, os críticos musicais são formados em jornalismo — mais especificamente, voltados para a área de jornalismo cultural.

O curso ajuda bastante na atuação profissional. No curso, o aluno aprenderá técnicas de redação e edição, além de técnicas específicas para cada veículo de informação. Para se tornar bacharel em jornalismo, são necessários, em média, quatro anos de graduação.

4. Assessoria de imprensa

Você se imagina nos bastidores da carreira de grandes artistas, acompanhando turnês pelo mundo a fora? Então a carreira ideal para você é a assessoria de imprensa!

Esse profissional, muito comum em grandes empresas e corporações, também é muito necessário para a administração da carreira de músicos com grande visibilidade. O assessor de imprensa ficará responsável pela imagem e comunicação do artista, tanto com a mídia quanto com os fãs, por meio de declarações oficiais e administração de perfis em redes sociais, por exemplo.

Assim como o crítico musical, o assessor de imprensa também é formado em jornalismo — ou, em alguns casos, em relações públicas. Para ambas as formações, o tempo médio é de quatro anos de curso e a titulação é de bacharel.

5. Musicoterapia

Além das profissões ligadas ao universo da comunicação, uma carreira da área de música que vem crescendo muito no país é a Musicoterapia. O musicoterapeuta é o profissional especializado na reabilitação de pacientes — tanto a reabilitação motora, social ou mental — e pela melhora na qualidade de vida de pessoas que possuem algum transtorno ou necessidade especial por meio da música.

Esse profissional atua junto a profissionais de saúde e assistência social em hospitais, ONGs e clínicas de reabilitação para dependentes químicos, por exemplo, auxiliando na recuperação e prevenção de possíveis problemas usando elementos musicais como melodia, ritmo e harmonia.

Dentre as profissões para seguir na área de música citadas nesse post, a Musicoterapia é a que mais exige conhecimento da linguagem musical, apesar de não ser preciso ter conhecimento formal ou teórico.

O curso abrange disciplinas voltadas para o desenvolvimento desses aspectos, como percepção musical, por exemplo. A duração da graduação em Musicoterapia é de, em média, quatro anos.

Vale a pena pesquisar sobre cada uma dessas opções, conversando com profissionais que atuam na área e, é claro, pesquisando sobre instituições de ensino que ofereçam um ensino completo e de qualidade.

Viu como não é preciso ser um astro do rock para viver de música? Existem muitas opções de profissões para seguir no ramo musical, principalmente na área de comunicação. Basta unir todo o conhecimento que uma boa graduação tem para te oferecer às suas habilidades pessoais e gosto pelo universo musical!

Para ficar sempre por dentro de todas as novidades aqui do blog, curta a nossa página no facebook!

Deixar um comentário