Vida universitária

7 cursos de curta duração que ajudam estudantes de Comunicação

7-cursos-de-curta-duracao-que-ajudam-estudantes-de-comunicacao.jpeg
Escrito por Ânima Educação

Engana-se quem pensa que as férias são boas apenas para descansar, viajar e curtir a vida. Esse período, em que você consegue ter mais tempo livre, também pode ser aproveitado para fazer alguns cursos de curta duração e não deixar seus estudos enferrujarem.

Para os estudantes de comunicação, o que não faltam são boas oportunidades para agregar mais conhecimento. E, como a área é ampla e abraça vários conceitos do universo digital, muitos desses cursos você pode fazer sem precisar sair de casa!

Mas, é claro, ainda há as opções presenciais — importantes para os universitários que fazem questão da interação pessoal no aprendizado. Então, para facilitar um pouco suas buscas, selecionamos neste post 7 cursos de curta duração na área de comunicação. Confira!

1. Mídias sociais

A ideia é alertá-lo para importância de fazer cursos relacionados às redes sociais. Para se ter uma ideia, há uma grande oferta de cursos, como gestão, gerenciamento de campanhas pagas, atendimento aos clientes e produção de conteúdo voltados para essas plataformas.

Redes como Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest, Snapchat e LinkedIn fazem parte do dia a dia dos consumidores — como você, inclusive. Por isso, é fundamental estudá-las e aprender a se comunicar da melhor forma possível nelas.

Você pode buscar cursos mais abrangentes, que falam das redes sociais de modo geral, ou mais específicos, focados em uma determinada plataforma, como os cursos de Facebook Marketing, por exemplo.

2. Design Thinking

O Design Thinking é uma abordagem que remodela e otimiza o desenvolvimento de processos, projetos, produtos e serviços com foco em inovação. Remodelagem que acontece com base em pensamentos e atitudes criativas, coletivas e colaborativas para se chegar a resolução de um problema.

Nesse sentido, a ideia de coletividade nos remete à multidisciplinaridade, ou seja, à participação de equipes de diversas áreas para resolver um problema real do mercado. 

Por isso, a participação e a contribuição do estudante ou profissional de comunicação também são muito importantes no desenvolvimento dessas soluções. E por que você deve fazer esse curso?

Porque você começará a pensar em novas formas de se resolver um problema, que é o que mais fará durante a faculdade, e depois de formado. 

Além disso, valores como inovação, criatividade, imersão nos problemas, análise e empatia serão diferenciais para você quando liderar ou desenvolver um projeto em conjunto.

3. Inbound Marketing

Apesar de não ser tão novo, o Inbound Marketing é um conceito que voltou a ganhar bastante força nos últimos anos. E a internet foi a grande propulsora dessa metodologia, que coloca os consumidores como agentes ativos na busca por informações, conteúdos e ofertas.

O Inbound abraça outros métodos modernos, como o Marketing de Conteúdo, Buyer Persona, Funil de Vendas e SEO. Todos necessários para se entender como colocar em prática um marketing que atraia clientes para a empresa por meio de conteúdos relevantes, e sem ser intrusivo.

Trata-se, então, de uma abordagem que vai na contramão do marketing tradicional, das propagandas interruptivas da TV, dos anúncios de jornal, etc. 

Com o Inbound Marketing, é possível fazer com que os consumidores venham espontaneamente até uma marca, e comecem a se relacionar com ela. E tudo isso gastando menos e com muito mais eficiência!

4. Ferramentas gráficas

Durante o curso de comunicação, é normal o estudante se deparar com matérias que acabam exigindo um certo conhecimento em ferramentas gráficas e de edição de vídeos, como Photoshop, Illustrator, Premiere e outros.

Mas é claro que não são todos que chegam na faculdade sendo especialistas nesses softwares. Por isso, ampliar o conhecimento sobre eles em cursos rápidos pode trazer uma boa vantagem acadêmica e profissional.

Por mais que você possa não ter pretensões de trabalhar na área gráfica, esse pode ser um bom começo caso mais oportunidades surjam nesse segmento. Afinal, quanto mais preparado você estiver para as diferentes chances no mercado, melhor.

5. Comunicação empresarial

A comunicação empresarial é uma área estratégica que estuda as formas que uma empresa ou profissional podem assegurar uma boa imagem e, com isso, melhorar seus resultados.

A nível individual, a comunicação empresarial auxilia o estudante de comunicação a desenvolver — inclusive com o uso de ferramentas tecnológicas — uma boa comunicação verbal, visual, escrita e gestual. 

O objetivo é fazer ele conseguir se comunicar claramente com colaboradores, parceiros de negócio e clientes. E tais técnicas são importantes para se atingir objetivos, como persuadir consumidores a aceitar uma determinada proposta ou melhorar seu relacionamento interpessoal dentro da empresa.

Paralelamente ao curso de comunicação empresarial, o estudante de comunicação ainda pode buscar cursos complementares da área, como Relações Públicas, Comunicação Integrada e Liderança de Equipes.

6. Assessoria de Imprensa

A assessoria de imprensa pode ser considerada uma das áreas da comunicação empresarial. Os cursos rápidos dessa disciplina são mais voltados para jornalistas e estudantes de relações públicas, mas costumam despertar também bastante o interesse de alunos de publicidade.

O curso prepara o estudante para criar estratégias que mantenham uma boa relação entre os clientes — empresas, marcas, instituições governamentais ou pessoas físicas, como esportistas e artistas — e a imprensa. 

O objetivo é tentar conciliar o interesse de ambos os lados, para que a imprensa tenha algo relevante para publicar e o cliente consiga transmitir sua mensagem.

Ao aprender mais sobre assessoria de imprensa, o estudante de comunicação ainda saberá como desenvolver e organizar press releases, coletivas de imprensa, entrevistas, clipping, gestão de crises, e os demais processos necessários para monitorar a imagem do cliente e assegurar que ela não esteja arranhada na percepção da mídia e da sociedade.

7. Jornalismo político

Há décadas a política brasileira não ficava tão agitada quanto nessa fase de Operação Lava-Jato, Impeachment e reformas fiscais e previdenciárias. Logo, o momento é mais do que propício para jornalistas se aprofundarem nessa área.

Nesse sentido, o curso de jornalismo político vai preparar o aluno de comunicação, com ênfase em jornalismo, para propor, apurar e produzir pautas relacionadas às políticas públicas e setoriais, como saúde, meio ambiente e gêneros.

E o desenvolvimento do curso costuma ser feito com base em discussões sobre a relação do jornalismo com as políticas públicas, as disputas partidárias e os direitos humanos.

Agora, caso você não se interesse muito por política, ainda é interessante buscar uma rápida especialização em outros setores do jornalismo, como o esportivo, investigativo, cultural ou digital.

Como vimos, a diversidade de cursos de curta duração é proporcional à abrangência da área de comunicação. Seja qual for o segmento no qual você pretende seguir sua carreira, haverá boas opções para aproveitar as férias e ampliar seus conhecimentos. 

Assim, você tornará seu tempo livre mais produtivo e voltará mais preparado para o próximo semestre e para o mercado de trabalho! Aliás, você sabia que dentre esses 7 cursos de curta duração, a Una já oferece 4 em sua grade? 

Pois é! Você pode vivenciar conosco os cursos de Design Thinking, Inbound Marketing, Comunicação empresarial e Jornalismo político. Então, se você se interessou por algum deles, entre agora em contato conosco e saiba mais sobre essas opções!

 

Deixar um comentário